(Source: ggrint)

1 year ago on 30 October 2012
547,095 notes
   
via takea-breath   originally from ggrint

Soooo, here we gooo! Vamos contar as aventuras de Mary e Milla por terras nova-iorquinas. Como a Milla tá fazendo post sobre a viagem toda, vou pular tudo isso e falar só sobre os McGays, ok? Que, na verdade, são a parte que realmente importa.

1ª coisa importante a ser frisada nesse post: Nossas habilidades stalkeadoras foram postas à prova nessa viagem e a gente não desapontou. Vocês vão ver. Mas então, vamos começar.

12/09 - Quarta feira - Chegamos à Big Apple \o/ YAY

Nesse dia, como os meninos ainda não estavam por lá, eu e a Milla fomos gastar num Outlet. Chegamos pregadas ao albergue, por volta das 23h da noite, quando olhamos o twitter do senhor Thomas Fletcher e ele coloca lá todo lindo fotos deles em Nova York e começam a chover mentions e Whatsapps de várias pessoas mandando a gente ir pra Times Square porque eles estavam lá. E o que nós, turistas CANSADÍSSIMAS que não fazíamos idéia de onde ou como era a Times Square fizemos? Dormimos e resolvemos procurar os meninos no outro dia? NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO. Pegamos um táxi e voamos pra Times Square, é claro, mas que pergunta, né? Andamos por lá por uma boa meia hora, andamos até perto do Empire State procurando alguma coisa, mas nada. Tá bom né? Voltamos então. Nesse meio tempo, uma amiga minha brasileira que mora em Nova York, a Lil (BEIJO, LIL) disse que tinha encontrado ingressos pro show do dia seguinte por 160 dólares. Resolvemos que, apesar de ser muito dinheiro, valia a pena comprar. Íamos ver se tinha valido mesmo no outro dia…

13/09 - Quinta feira - dia do primeiro show do McFly em NYC

BEM, nesse dia a gente tentou acordar um pouco mais cedo pra tentar descobrir alguma coisa, mas não obtivemos muito sucesso na tentativa. Estávamos REALMENTE cansadérrimas do dia anterior e só acordamos depois das 9h. Choveu mais um monte de Whatsapp mandando a gente correr pra Times Square de novo por causa dessa foto:

E lá fomos nós correndo pra Times Square de novo… Obviamente, Tom e Gio Falconizeira já tinham saído de lá há muito tempo, né? Ah, só um parêntese aqui: é IMPOSSÍVEL conseguir wifi em Nova York. Sério, é uma porra. Só acha em Starbucks, mas como na Times Square e naquela área lá tem praticamente um Starbucks por quadra (sem exagero), procuramos um e fomos tentar ver onde os nossos meninos estavam. Vimos Gizona postando fotos da Biblioteca Pública de NY. Stalkeadoras que somos, lá fomos nós atrás. Nada também. Ficamos chateadíssimas com o dia #fail de stalk e voltamos pro hostel para nos preparar para o show. Chegamos na fila umas 15h para os portões que se abririam às 19h. Já estava bem grandinha e rodando o quarteirão, mas nada que se compare com as filas gigantescas e mal organizadas que vemos por aqui. Eu tava meio com medo de ir pra fila, de verdade, por represálias das americanas por sermos brasileiras. Ainda bem que conhecemos a Abby e a Lizzie, duas americanas super legais que vieram de Boston só pro show e que são fãs de McFly há tanto tempo quanto nós. Além delas, a Amanda, aqui do Rio e a Aynara, que a Milla já conhecia e que está de Au Pair nos EUA, também foram com a gente nesse dia. Encontramos a Lil mais tarde… Ainda na fila, descobrimos que havia sobrado alguns ingressos na casa por 20 dólares. Ficamos putas, mas beleza hahahaha

O show foi IN-CRÍ-VEL. O lugar comportava apenas 600 pessoas e foi o tipo de show que eu sempre sonhei em ver o McFly. Não ficamos coladas no palco, mas ficamos BASTANTE perto. Uma coisa que me impressionou na platéia americana foi a animação. Achava que elas seriam mortinhas que nem as inglesas que a gente vê nos vídeos do Youtube. Não, nada disso. Assim que os meninos entraram no palco (só depois de tocar YMCA, diga-se de passagem), foi todo mundo correndo pra frente, se apertando e pulando e cantando cada música. Foi bem legal de se ver. A setlist foi basicamente aquela que vocês já viram. Começaram com Nowhere Left To Run e, apesar de eu não lembrar muito bem a ordem, eles tocaram I Need a Woman, One For The Radio, Lies, 5 Colours, Obviously, All About You e I Wanna Hold You, que eu nunca tinha visto ao vivo :) O momento mais emocionante DE LONGE pra mim foi quando o Danny voltou sozinho ao palco pra cantar Not Alone. Eu AMO AMO AMO essa música e era um grande sonho meu poder assistir ela ao vivo. De tão perto e cantada só pelo meu Jones foi só um plus. Não chorei de tão extasiada e anestesiada que eu estava. Tava feliz pacaralho mesmo. Enquanto os meninos se preparavam para o Bis, a platéia inteira começou a cantar Transylvania, num pedido para que a música fosse tocada nos shows (ela não apareceu na setlist dos shows de LA). E não é que deu certo? Foi bem legal essa parte também :)

Depois que o show acabou, saímos do teatro e se formou uma aglomeraçãozinha na porta esperando que os meninos saíssem. Tínhamos certeza que eles não iam sair por lá, mas né? Ficamos esperando também. Nesse meio tempo, sai o Tommy rodando pela calçada procurando farmácias ou algum lugar. A gente chegou pra ele e falou que era do Brasil e ele cagou pra gente, é claro. hahahahaha Ele disse que tava procurando cigarro ou alguma coisa assim. Hora ruim pra não fumar né, Maria Eugênia? Mas tá… Saiu uma menina e um cara que trabalhavam no teatro e, quando eles estavam mais afastados, fui perguntar a eles se os meninos ainda tavam lá dentro. Eles hesitaram um pouco, mas quando eu disse que éramos do Brasil eles disseram que sim e que eles não iam sair ali pela frente. Fomos pra parte de trás do teatro e lá vimos um grupo muito menor de pessoas esperando em uma portinha. Não deu outra! Esperamos uns minutos e nossos meninos saem ali pela porta, com suas respectivas namoradas! Não deu pra falar muito com cada um. Quando o Harry passou, a Milla puxou ele e disse que tinha trazido paçoca do Brasil. “Você tá com elas aí?”, ele perguntou e puxou a bolsa dela hahaha Ela disse que não… Ele ficou chateado, mas a gente disse que levaria pra ele no dia seguinte.

Tentamos descobrir o hotel de novo depois do show, mas também não conseguimos nada. Fui pro hotel meio tristinha, confesso.

14/09 - sexta-feira - dia do segundo show do McFly em Nova York

Nesse dia acordamos BEM cedo. 7:30 já estávamos de pé e às 9h já estávamos em frente ao Empire State procurando o hotel. A gente tava levando como base essa foto aqui ó, que o Harry tinha postado no Twitter.

Andamos por volta de uns 40 minutos, uma hora procurando esse prédio com essas coisas pontudinhas em cima. E pra quem já foi para aquela área e lembra como é, sabe que esses prédios são TODOS IGUAIS. Sério, tava bem difícil conseguir achar e eu já tava desanimando. Até que uma hora a Milla me puxa e diz: “Mary, olha aquilo lá!” Eram os benditos negocinhos pontudos do prédio. Eu NÃO ACREDITEI. Fomos até o prédio, que ficava a apenas umas duas quadras de distância. O negócio agora era descobrir DE ONDE o Harry tinha tirado essa foto. De novo, a Milla apontou pra um prédio: “Olha, parece aquela varanda ali, tem uns matinhos do lado, mas tô achando pequeno demais”. E realmente era. E a gente tava de longe. Mas mesmo de onde a gente tava, conseguimos ver os matinhos, a árvorezinha com 3 andares e as cadeiras. JACKPOT! Tínhamos descobrido! Fomos andando até o prédio e achamos uma quadra com 3 prédios literalmente colados uns aos outros. O lugar que tínhamos descoberto e presumíamos que fosse o hotel, era o mais estreitinho, do meio e não tinha nome/placa nem nada do gênero. Ficamos na dúvida se aquilo era um hotel mesmo. Até que saiu um carinha de lá de dentro com aqueles carrinhos de bagagem. “Milla, é aqui mesmo saporra”. Só tinha a gente lá. Não tava acreditando na nossa sorte. Bem, pra melhorar tudo em um dia que já tava dando tudo certo, esperamos só uns 20 minutos e olhamos pro lado e vemos o Dougie e a Lara lá embaixo. Fiquei meio assim de chegar e falar com os dois porque muita gente já tinha me falado que a Lara era bem nojentinha. Nem gostava muito dela por causa disso. Mas com a gente ela foi TOTALMENTE o contrário. Ela é até bastante bonita, bem mais do que eu achava que era pelas fotos. E MUITO MUITO MUITO, mas MUITO simpática. Quando chegamos pros dois, eles nos deram um oi bem animado e quando falamos pro Dougie que tínhamos vindo do Brasil, ele soltou um “Really? That’s awesome!” A Lara se ofereceu pra tirar nossa foto. Depois tirei uma foto com ela e a Milla não, porque tava nervosa demais hahaha

Esperamos menos de 10 minutos e o homem da minha vida, com quem eu quero casar e ter todos meus filhos (oi, namorado lindo, não leia isso, ok? te amo, um beijo HAHAHAHAHA) desce. Mas com a namorada linda e maravilhosa dele do lado. Tudo bem, Danny, com ela eu deixo, porque eu amo demais a Georgia também… hahahahah Fomos falar com os dois e a Milla entregou uma blusa do Brasil com umas coisas de Caipirinha. O Danny me solta um “Shit, this got me drunk” e, depois de tirar as fotos com a gente, pediu pra gente esperar porque ia deixar o presente na recepção do hotel. Enquanto ele estava saindo, soltou um “Obrigaaaaaado” que me derreteu toda. Tiramos nossas fotos com a Georgia enquanto ele não voltava e PUTA QUE PARIU, que mulher linda! Sério, eu fiquei ABISMADA! Ela é MUITO mais bonita do que eu imaginava. Tipo, MUITO MAIS. E simpaticíssima também. Ela viu que a Milla estava nervosa e ficou fazendo “awww” e fazendo carinho nas costas dela pra poder acalmá-la hahaha Um amor! A Milla não se aguentou e disse que ela era linda demais hahaha

Pouquíssimo tempo depois também desceu o muso-divo-rainho do Harry Judd com a Izzy. Ele tava meio estranho porque acho que tava meio sem saco, mas também foi simpático. A Izzy também foi MUITO amor, mas eu achei ela bem feinha hahaha Achava que ela seria muito mais bonita, pelo menos pelas fotos. 

Bem, nisso esperamos mais um tempo e nada do Tom, que já tinha saído a essa hora. Nesse meio tempo, chegaram mais umas meninas e mais e mais e mais. A porta começou a encher um pouco e eu e a Milla resolvemos ir embora e ir para o show dos Backstreet Boys que ia rolar ali perto de graça. Encontramos com a Lil, que disse que iria pro Gramercy tentar os ingressos por 20 dólares. Se ela conseguisse, iríamos ao show de novo nesse dia. Ela conseguiu (YAY, BEIJO, LIL) e vimos o McFly por 20 dólares. COISA LINDA DE VIVER! O show foi basicamente o mesmo da noite anterior, mas dessa vez o Danny cantou sozinho uma versão de “Falling In Love”. Apesar de já ter visto essa música ao vivo várias vezes, essa foi a mais especial de todas. Dava pra ver estampada na cara dele a felicidade com todo mundo cantando junto, quando ele parava pro público cantar. Ele dava aquelas risadas Jones que só ele sabe dar. Morri muito. Depois do show resolvemos voltar ao hotel porque queríamos nossas fotos com o Tom! E ah, porque ainda não tínhamos conseguido entregar as paçocas do Harry… De qualquer forma, a porta também tava meio cheinha de novo, mas logo logo a van deles chegou. O Dougie e o Danny passaram meio corridos por todo mundo, mas o Harry e o Tom ficaram ali embaixo tirando fotos. Assim que entregamos as paçocas, o Harry ficou fazendo como se estivesse levantando peso com elas hahaha Tiramos até uma foto deles com elas ó:

Ah, também conseguimos nossas fotos com o Tom! YAY!

Ah, eu virei pra Izzy e falei: “Izzy, I mean this in the best way possible, but I love your boyfriend!” Ela riu toda fofinha e disse: “Me too!” e acariciou o braço dele do tipo: BECAUSE I CAN

Nisso o Harry subiu pro quarto e fomos falar com o Tom. A Milla tinha escrevido uma carta pra ele, falando sobre os shows do ano passado e como ela queria que eles cantassem Too Close For Comfort e No Worries nos shows daqui. Daí a Milla começou a explicar pra ele e eu me enfiei na conversa. Falei que tínhamos vindo do Brasil só pro show e que iríamos no Z Festival daí a duas semanas. Ele perguntou se iríamos no Rio ou São Paulo. Falamos que iríamos no do Rio, apesar de querer ir nos dois… Nisso, falamos do que se tratava a carta. Expliquei pra ele o quanto significaria que ele tocasse principalmente Too Close, que eles tocaram no show de SP, mas não no RJ e isso deixou muitos fãs desapontados e tal. Ele disse que não sabia quanto tempo tinha a setlist, mas que podia ver. Mandei um “Just think about it” com um sorriso e ele também sorriu de volta. O Tom ficou lá embaixo um TEMPÃO falando com todo mundo e tirando fotos. Sendo o Fletcher lindo que ele não tem sido das últimas vezes que vieram pro Brasil RISOS. Foi aí que conseguimos gravar ESSE VÍDEO, tão ~~~~~~badalado~~~~~~ depois que chegamos hahahaha BEIJO DO PRINCESO!

Ahhh, esqueci de falar: o Tommy é super legal e amor com as americanas. Chamamos ele de velho broxa na cara dele. SUPER WIN!

Depois desse dia em que tudo deu mais do que certo, resolvemos turistar em paz por NY.

17/09 - segunda-feira - meu último dia em NY.

Pra matar o tempo, eu e a Milla resolvemos andar por NY… Demos uma PASSADINHA pela esquina do hotel deles porque, quem sabe, né? Entramos no Starbucks e, enquanto olhávamos uns copos que estavam em promoção, ouço um “Olha o Danny e a Georgia!” Largamos os copos e saímos do Starbucks e, quando eles passaram pela gente (pra entrar no Starbucks, DUH), soltei um “Hi, guys” bem casual, do tipo SOU BFF MESMO e o Danny olhou pra gente rindo e disse “Hi”, com um sorriso do tipo “RÁ, conheço vocês”. Ele ficou esperando se a gente queria tirar fotos, mas não pedimos e também não fomos atrás quando eles saíram. Depois disso, voltamos pro Starbucks e fomos pedir alguma coisa pra beber porque eu tava muito emocionada hahahaha Virei pra caixa e falei: “Você viu aquele cara tatuado que acabou de sair daqui com a namorada loira? Ele é o cantor da nossa banda preferida e a gente veio do Brasil só pra ver eles tocarem” Ela me responde: “Sério?? Eles vêm aqui todo dia! Sabe o novo Homem-Aranha e a menina que faz ‘Easy A’? Estavam aqui há mais ou menos uma hora”. Nessa hora eu PI-REI. Quem me conhece (ou é só olhar meu Tumblr) sabe o quanto eu sou APAIXONADAAAAAAAAAAAA no Andrew Garfield e na Emma Stone. Fiquei puta mesmo. Mas fazer o que, né? Já tava querendo demais, né? hahaha

1 year ago on 25 September 2012
3 notes

staysandstories:

the royal family, everybody

OH SNAP

(Source: royalsstuffandnonsense)

1 year ago on 25 September 2012
306,491 notes
   
via ilovehimandhelovesher   originally from royalsstuffandnonsense

claulovemcfly:

“If you thought you knew McFly… Think Again”  Unsaid Things: Our Story

1 year ago on 25 September 2012
133 notes
   
via claulovemcfly   originally from claulovemcfly
1 year ago on 25 September 2012
52,138 notes
   
via ilovehimandhelovesher   originally from transponsters

1 year ago on 24 September 2012
61,888 notes
   
via rachthegleek   originally from goldenstories

(Source: mcflys)

2 years ago on 03 September 2012
2,523 notes
   
via claulovemcfly   originally from mcflys

Barney’s transformation

(Source: oliviergiroudd)

2 years ago on 03 September 2012
11,767 notes
   
via cannotspeak   originally from oliviergiroudd

guydirectioners:

Harry out in London today.

2 years ago on 29 August 2012
1,465 notes
   
via guydirectioners   originally from guydirectioners

2 years ago on 28 August 2012
132 notes
   
via rachthegleek   originally from unfortunate-consequence